Domingo, 16 de Maio de 2004

O fim do mundo

Olho para o mar. Hoje esta calmo, sereno. Não há ondas gigantes nem cheiro a maresia.
Lá ao longe, no infinito, no meu fim do mundo, ele toca o céu, numa linha que não para de recuar sempre que tento alcança-la.
Ouço o grito das gaivotas lá longe, e vejo um pequeno barco bailando ao sabor da brisa suave que se faz sentir. Em silencio, grito teu nome esperando que no eco do meu coração, consiga ouvir-te. Não sabes a falta que me fazes. Eu sei, olhando para o azul infinito do horizonte, que estas ai, em algum lugar. E que, quando a noite chega, e a escuridão cobre o mundo com seu manto estrelado, que me procuras em cada estrela. Sei tambem que podes sentir os meus beijos, a minha saudade.
Sei que estas em cada palavra escrita, em cada frase de desejo, em cada sopro de vento.
Sei que em cada vez que o sol toca no horizonte do meu mar, colorindo o mundo com a cor da paixão, num pôr-de-sol maravilhoso, estamos juntos, num abraço de ternura, de suave paixão. Por isso espero todos os dias pelo entardecer, para me perder nos sonhos contigo...meu doce anjo.

Escrito da alma: Madalena às 15:53
| Comenta aqui
5 comentários:
De Anónimo a 13 de Abril de 2007 às 15:09
Abro a janela e respiro....inspiro bem fundo o cheiro a mar que até mim chega
Como é possivel se o azul oceano está longe?....Por certo foram tuas palavras que até ele me transportaram


De Madalena a 13 de Abril de 2007 às 17:05
A magia das palavras está naquilo que sentimos ao ler cada uma delas e no jeito como as pintamos na alma... Ainda bem que consegui dar-te um pouco do meu mar! Beijo


De Paulo a 4 de Junho de 2007 às 22:41
Escreves muito bem.um bjo de alguem deste lado do universo.como tu


De Paulo a 6 de Junho de 2007 às 00:49
Não á nada ao acaso Madalena .nada ao acaso.quando chegamos a alguma pessoa na realidade já tudo permanecia em nós.......Bjo.contiinua a escrever


De Paulo a 9 de Junho de 2007 às 01:33
Quando os passaros deixam de cantar é porque estão tristes !!!!!!!! Quando uma alma sensivel deixa de escrever é porque ..........????????????
Venho amiúde ao teu blog e não nos presenteias com os que os teus olhos sentem.........é injusto........escreve...Um bjo


Comentar post

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004