Sábado, 22 de Janeiro de 2005

...

anjo.gif


Onde esta o anjo que deveria tomar conta de mim? Que estaria sempre um passo a frente para proteger-me do que a vida tem de mau? Onde esta ele?


Acho que devo ter feito algo de muito mau para que esse anjo tenha desertado e deixado minha alma a deriva… Ou então, nada fiz para merecer sua companhia, sua protecção! Enfim…


O que fazer para encontrar o nosso anjo da guarda? E saber guarda-lo? Quem sabe dizer porque nos abandonam quem julgamos fazer parte de nossa vida? Ou melhor quem faz parte dela e que com sua saída, leva pedaços de alma?


Onde estas anjo de luz que deverias iluminar meu caminho, anjo de ternura que deveria encher meu coração de alegria?


Onde estas?


Escrito da alma: Madalena às 11:53
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004