Terça-feira, 8 de Março de 2005

Um beijo doce...

Dias há em que nada corre bem...Logo ao acordar, tudo parece cinzento, sem graça. Sabemos logo aí que não vamos encontrar um sorriso e que o sol, se brilhar, não será para nós.  É nesses dias, que são muitos, que eu perco a vontade de seguir caminho. Sem disposição para enfrentar caras fechadas, gente mal disposta e um dia que nada promete, prefiro ficar na minha cama e curtir uma solidão cheia de silêncios...  Mas, lá tenho eu de ganhar coragem e ir buscar forças não sei bem onde para mais uma vez tentar viver, da melhor maneira possível, cada segundo...por mais chato que seja!!! Então com o tempo, aprendi que o melhor remédio não é ignorar as nuvens mas sim fazer parte delas. Só assim de cinzentas, passam a ser brancas, feitas de algodão... Nem sempre é fácil, mas tenho a sorte de olhar em volta e encontrar sempre um sorriso que me ajuda.


Mas, como nada é sempre igual, há dias que nascem alegres, bonitos, pintando com uma alvorada de mil cores o meu pensamento. Então tudo ganha magia e as emoções cantam  em coro com os pássaros que anunciam a primavera... O dia amanhece como uma melodia e logo ao abrir os olhos o pensamento é tocado por um raio de sol. Dá vontade de soltar a voz e dizer ao vento que o dia esta bonito e que eu vou aproveitar para ser feliz. São dias em que nada pode correr mal e se isso acontecer, resolve-se os problemas com um sorriso nos lábios...


A ti que logo de manhã lembraste o dia especial que é hoje, para mim e para todas as mulheres, (e que bem merecemos!!!)...
A ti que dizes que não lembras porque não esqueces...
Para ti, o meu beijo doce...


Escrito da alma: Madalena às 13:59
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004