Terça-feira, 2 de Agosto de 2005

...

anjo007.jpg

 


Busquei no horizonte uma forma nova de ser feliz ....
Nada achei !!! Busquei na meia-noite uma maneira suave de sonhar ...
Não adormeci !!! Busquei então, onde a razão não pode alcançar, fui dentro de mim, bem profundo
E quase sem querer te descobri por entre letras mágicas e risos escondidos ...
Te achei. 


 


Anónimo(retirado da net)


 


 


Por vezes a magia nasce do nada, cresce em silencio, faz a alma sonhar e torna a dor mais pequena…


Por vezes vem de onde menos se espera, quando já nada mais importa…


Por vezes é palavra, carinho e até simplesmente sorriso…


Mas…


Por vezes é lágrima, saudade e ausência…


Por vezes machuca o coração e deixa o sonho inacabado na noite que se torna fria e silenciosa…


A magia está em mim…


Nas palavras que guardo, nos sorrisos que lembro… Está na saudade de um momento, na ternura de um abraço…


Sim… encontrei a magia em mim, porque é aí que está tudo o que me faz feliz!


 


Escrito da alma: Madalena às 17:45
| Comenta aqui
28 comentários:
De Anónimo a 6 de Agosto de 2005 às 08:54
O maior amor de todos, está dentro de nós. Este é o nome de uma canção algo antiguinha cantada por withney houston, se não me falha a memória "the greatest love of all..."alfa69
(http://daquidali.blogs.sapo.pt)
(mailto:aalmas@marbosserra.pt)


De Anónimo a 5 de Agosto de 2005 às 23:58
Olá Madalena!!
Passo por aqui para te deixar um beijinho e desejar um optimo fim de semana *Gonçalo
(http://www.norastodasondas.blogspot.com)
(mailto:goncalo_t@hotmail.com)


De Anónimo a 5 de Agosto de 2005 às 22:47
Que lindo o buscar dessa magia dentro de ti!...Adoça esse embalar mágico e nunca mais a percas de vista...
Um beijo mágicoantónio
(http://wwwto.blogs.sapo.pt)
(mailto:asantos365@hotmail.com)


De Anónimo a 5 de Agosto de 2005 às 22:10
Não percas as esperanças nunca de ser feliz e de encontrares a felicidade onde menos esperas. Continua a ter muitos sonhos encantados.Tertuliando
(http://tertuliando.blogs.sapo.pt)
(mailto:mac_marisa@yahoo.com.br)


De Anónimo a 5 de Agosto de 2005 às 05:09
Olá Anjo :)) Passei para te dar este beijo ao acordares;) Pois... simplesmente queria muito:)Basta olhar o horizonte para saber que tás lá... ainda que não olhe... estás eu sei;)
Beijo grande
João
</a>
(mailto:alvesalves69@hotmail.com)


De Anónimo a 5 de Agosto de 2005 às 01:42
Olá!!
Venho deixar-te um beijinho e dizer que tenho um novo Blog escrito a Dois, deixo-te aqui o link: Momentos a Dois -----> http://momentosadois.blogs.sapo.ptGonçalo
(http://www.norastodasondas.blogspot.com)
(mailto:goncalo_t@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Agosto de 2005 às 13:28
Basta estarmos atentos para conseguirmos encontrar essa magia.A vida é uma magia.kaldinhas
(http://kaldinhas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Agosto de 2005 às 12:15
owá nina** parabens adorei o teu texto ta windo msmo mto bonito mil estrelax continua axim nina força coragem volterei smp ;) jinhox*****gandex by **Nessy** vaix longeNessa
(http://blogdanessy.blogs.sapo.pt)
(mailto:nessita_fernandes@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Agosto de 2005 às 09:33
Olá Madalena. Semprei achei bastante complicado a convivencia com pessoas. Se eu sou capaz de esboçar um sorriso e um pensamento de felecidade sobre qualquer momento da vida, e se os outros também o conseguem, significa que todos nós guardamos essas emoções dentro de nós. Certo? Então porque os escondemos? Porque presistir na infelecidade? Porque não dizer amo-te? Porque não dar um abraço quando sentimos essa vontade? Porque? Não sei. Ou será que simplesmente preferimos a tristeza para lembrar da beleza? Estou confuso, e antes que meta os pés pelas mãos, dou-te um beijo.zeca
(http://ailhadez.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Agosto de 2005 às 04:16
Para amarmos os outros precisamos primeiro de nos amar a nós próprios, de ter auto-estima, vaidade, força, coração, sensibilidade. É ai que reside a magia de cada um de nós: no facto de, para gostarmos dos outros, gostar primeiro de nós próprios com a capacidade de enaltecer as coisas boas e menosprezar as que nos fazem mal.mocho
(http://barrocodomocho.blogs.sapo.pt)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


Comentar post