Sábado, 9 de Dezembro de 2006

Como é bom amar...

 

Os dedos passeiam, devagar, pelas linhas imaginárias que teimas em descobrir. Provocas um arrepio que faz o corpo sobressaltar, provocando uma pequena dor que se transforma em desejo. Sinto os caminhos que segues, escrevendo na ponta dos dedos as cor e a textura de minha pele…

 

Os lábios tocam-se suavemente, lembrando o toque perfeito da asa de uma borboleta que levanta voo num raio de sol. Bocas que se completam, se reconhecem e se desejam… Línguas que se encontram e se descobrem… A vida ganha o sabor das bocas unidas no silêncio de um beijo.

 

Os corpos unidos nos sentidos que se despertam envolvem-se numa dança sensual, ritmada pelas batidas descompassadas do coração, pela respiração que se faz ofegante e pelos murmúrios que ecoam no vazio. Movimentos ondulantes que se ajustam e se completam, formando um único ser…

 

Sensações que acordas nos gestos sonhados, cheiros que os sentidos descobrem no instante em que te inventa, sabores que te trazem na memoria que te recorda a cada momento… Sentidos de um amor que nascem e morrem a cada segundo de minha vida, para me lembrarem…

 

…como é bom amar!!

 


Escrito da alma: Madalena às 16:13
| Comenta aqui
10 comentários:
De Rita a 9 de Dezembro de 2006 às 18:43
Madalena...infelizmente não tenho o privilégio de te conhecer pessoalmente e foi por acaso que te descobri mas ainda bem que isso aconteceu. As tuas palavras são sempre maravilhosas e transmitem na perfeição o que todos nós sentimos, mais cedo ou mais tarde, por razões iguais, semelhantes ou nem por isso...mas os sentimentos estão sempre lá! Muitos parabéns! continua assim, que eu vou continuando por cá! Sê Feliz! *


De aquiloqueeuescrevo a 9 de Dezembro de 2006 às 22:10
O que quer que dissesse, seria pouco.
Acho que está tudo dito.
:)
Beijinhos***


De soldeinverno a 9 de Dezembro de 2006 às 22:34
LINDO! Tudo o que hoje descobri neste teu cantinho de escrita, sem dúvida escrita vinda da Alma! Parabéns! Vou voltar sempre!


De Nylda a 10 de Dezembro de 2006 às 14:38
Olá linda Madalena...
Fiquei sem palavras, muito bonito este teu conjunto de palavras. Adorei o texto. Parabéns. Palavras sentidas.
Bom domingo e uma excelente semana para ti.
Beijos e um sorriso.


De Sindarin a 11 de Dezembro de 2006 às 16:25
Olá Madalena! Bonito...é bom amar sim, talvez a melhor coisa do mundo. Mtos bjs e boa semana.


De Lúcia a 12 de Dezembro de 2006 às 00:15
Realmente como é bom amar...! E aquele trechinho lá em cima que diz assim: "... Uma pequena dor que se transforma em desejo..."... Muito lindo, adorei! Um beijo e obrigada pela visita. Demorei mas cheguei, risos...


De agostosetembro a 13 de Dezembro de 2006 às 20:57
Mais palavras para quê? é o Amor sim, que nos faz sonhar, gostar, amar, sofrer também , mas felizes.


De seforis a 14 de Dezembro de 2006 às 14:11
É um estado de graça em que nos sentimos únicos e especiais parecendo eterna a vida nesse gratificante momento que se dilui no tempo... como se nunca tivesses existido Amor. Como se nunca tivesses Nascido para encarar o teu fim assim, ténue. Crucificado em nome de nós por nós... todos os dias morres mais uma vez perpetuando a esperança do ressurgimento em ti dele... Amor, posso te Amar agora sentindo-o?


De oteudoceolhar a 16 de Dezembro de 2006 às 01:53
É bom não é :)?? Pobre daquele que não conheçe a arte de amar.ostei das sensações e emoções. Bom fim de semana, beijo n´oteudoceolhar ***


De Sindarin a 18 de Dezembro de 2006 às 18:35
Olá Madalena! Veho desejar-te um Fliz Natal e um bom Ano Novo com mais saúde, amor e paz. Deixo um beijinho amigo.


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...