Sábado, 11 de Novembro de 2006

Lágrima...

Uma lágrima cai silenciosa, arrastando com ela uma dor que ficou presa em minha alma. Corre devagarinho pelo rosto, tocando de leve meus lábios, num beijo que guarda o gosto a sal. Desagua serena num pranto calado que eu escondo por detrás de um sorriso…

 

Uma lágrima que se faz emoção nos sentidos que foram de alguém e se fizeram meus. Nasce de um desejo acordado pelo toque suave de uma carícia escrita com as pontas dos dedos, de um beijo sentido nas palavras ditas em silencio…

 

Uma lágrima que é simplesmente mulher. Real ou sonhada, já não sei… Ela é palavra ao vento e alma de Outono, sorri nas lágrimas e chora os sorrisos…Mas é uma só, simples, feita de sentidos e emoções, de sonhos e de realidades, de passado e presente…

 

Um ser perdido no vazio em se deixou prender e que naufragou nas sensações gravadas no corpo, no coração…na alma!

 

Uma lágrima que alguém guardou em sua mão, aprisionando seu amor que em silencio se faz poema nas palavras escritas… Lágrima que se faz mar de saudade e que beija ternamente os lábios de quem a faz nascer…

 

Lágrima sentida que não é mais do que eu…

 


Escrito da alma: Madalena às 12:07
| Comenta aqui
28 comentários:
De assim sou eu a 12 de Novembro de 2006 às 02:06
As lágrimas..."Nasce de um desejo acordado pelo toque suave de uma carícia escrita com as pontas dos dedos, de um beijo sentido nas palavras ditas em silencio…"Lindo cm sempre...
as lágrimas, as saudades, é todo muito doloroso e em simultaneo tão belo;-)
Beijo com uma lágrima, uma lágrima de alegria...
Bom domingo, Querida:)


De Madalena a 13 de Novembro de 2006 às 09:12
A tristeza tem uma certa beleza como tudo aquilo que a vida nos dá a sentir... Um amigo meu, diz que toda a lagrima tem um lado escuro, mesmo as lagrimas de alegria, por isso amiga Magia, não deixes as lagrimas cairem mas faz delas sorrisos...são bem mais bonitos!! Beijo e um sorriso para ti!


De assim sou eu a 18 de Novembro de 2006 às 11:13
Ola Madalena...bela musica***
só para deixar um beijo mágico e um sorriso sincero com os desejos de um optimo fim de semana****
;-)


De mulher rochedo a 12 de Novembro de 2006 às 13:18
Ola bom dia


Adorei o post e o texto e passei pra te desejar um bom domingo e deixar mtos bjos .


De Madalena a 13 de Novembro de 2006 às 09:14
Um beijo para ti mulher_rochedo e uma boa semana... Que nasce dias de sol e sorrisos para ti!


De Mafalda a 13 de Novembro de 2006 às 01:36
Olá Madalena pela 2ª vez atrevo-me a deixar-te um comentário. Visito muitas vezes o teu blog.
Emocionas-me sempre com a tua sensibilidade e agradeço-te por nos deixares conhecê-la através das tuas palavras.
"Apenas mais um dia..."
Não temos noção na rotina diária, quando nos misturamos e cruzamos na rua, nos tranportes, ou até no emprego onde julgamos conhecer as pessoas, dos sentimentos, dor e mágoa que se podem esconder nos rostos de quem por nós passa.
As tragédias da vida de cada um por quem passamos indiferentes.
Que bom seria se pudessemos reconhece-las e estender uma mão amiga.
Mafalda


De Madalena a 13 de Novembro de 2006 às 09:19
Obrigada Mafalda pela tua visita e podes comentar sempre que achares por bem. Todos nós usamos mascaras no dia a dia. Escondemos o que realmente sentimos e na maior parte do tempo enganamo-nos a nos mesmo. Sabes, eu acho que seria terrivel descobrir o que todos tentamos esconder. Não haveria muitos sorrisos para descobrir! Quando olho para quem passa por mim, invento uma historia para cada rosto, uma historia bonita mesmo que seja com alguma dor e, isso faz-me sorrir! Prefiro acreditar que a vida é bonita! Beijo e um sorriso para ti


De mulher rochedo a 13 de Novembro de 2006 às 11:50
Ola bom dia

Passo pra te desejar uma boa semana e deixar mtos beijinhos e pra dizer k tens aqui uma amiga kuando kiseres.


De Madalena a 13 de Novembro de 2006 às 15:50
Obrigada mulher_rochedo...os amigos são um tesouro e nunca são demais! Beijo


De segundavida a 13 de Novembro de 2006 às 12:12
Lágrima, um pouquinho de nada ou de tudo, destilado de alegria, tristeza, raiva, saudade, de sofrimento ou de amor. Neste teu artigo, encontramos lágrimas transformadas em belas palavras ao vento, carregadas de poesia. Felicidades


De Madalena a 13 de Novembro de 2006 às 15:59
Um amigo, sendo meu anjo da guarda, disse-me um dia que as lagrimas são as gotas das nuvens que dão as cores ao arco-íris... Um jeito bonito de se definir as lagrimas!! Obrigada pela tua visita. Beijo


De Mano a 13 de Novembro de 2006 às 19:58
Uma lágrima que quase rolou ao lêr o poder das tuas palavras!A mãe sempre ao nosso lado ensinou-nos que não é preciso estar sempre a dizer que amamos, pois basta olhar e tudo revelamos... Obrigado mana! :-)


De Madalena a 15 de Novembro de 2006 às 08:32
A nossa mãe ensinou-nos a amar e aí é que está a grande diferença... Sabemos das palavras, dos gestos e enfeitamo-os com sorrisos e lagrimas... Beijo maninho!


De isa&luis a 14 de Novembro de 2006 às 12:08
Olá menina,

Texto belo degustei cada palavra com sabor a uma grande intensidade de saudade.

Uma excelente semana com muitas alegrias.

Beijinhos muitos para ti

Isa


De Madalena a 15 de Novembro de 2006 às 08:33
Obrigada Isa pelo carinho... Que tua semana seja de sorrisos. Beijo


De Mikas a 14 de Novembro de 2006 às 17:39
a música que tens no blog é simplesmente linda


De Madalena a 15 de Novembro de 2006 às 08:35
Olá Mikas...Obrigada pela tua visita. A musica é linda sim e foi-me enviada por alguém de muito especial, o que para mim, a torna ainda mais sentida! Beijo


De Juda a 14 de Novembro de 2006 às 22:30
?????????????????? Lindo... um abraço...


De Madalena a 15 de Novembro de 2006 às 08:36
Um beijo doce para ti Juda...


De mulher rochedo a 15 de Novembro de 2006 às 12:35
Lágrimas ocultas

Se me ponho a cismar em outras eras
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi noutras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...

E a minha triste boca dolorida,
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!


E fico, pensativa, olhando o vago...
Tomo a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...


E as lágrimas que choro,branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!

Florbela Espanca


bjos miga e boa quarta


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...