Quarta-feira, 10 de Agosto de 2005

Só...

 


 


anjo017.jpg


 


A noite caiu, silenciosa, como caiem as folhas no Outono, sem um único som de desespero ou de dor. Foi afastando a luz do sol e hoje, nem o luar colocou para iluminar a terra e guiar meus passos. Caiu a noite, devagarinho sem eu dar por ela….


A escuridão envolveu-me no seu manto escuro e frio. Prendeu-me nas muralhas da solidão e do silêncio. Sinto um arrepio na alma, um sentimento de pânico aperta-me um coração, estou só!
Sinto-me vazia… Está noite sou apenas nada… Alma vazia, despejada de emoção… Só o coração teima em bater, dizendo a cada instante para não ter medo. Coração que ainda sonha com o teu beijo… Um beijo doce com sabor de desejo na pele…


Olho o céu pela janela, procuro estrelas mas, não vejo nenhuma.
Está tudo tão calmo, tão parado…
A natureza pareça suster a respiração na espera de algum acontecimento…
Cheira a chuva… Ouvi falar em trovoada…
Quem dera que fosse mesmo. Ver a natureza revoltada, enchendo a noite de trovões, quebrando o silencio que me faz companhia e rasgando o céu com raios, iluminando as sombras que me prendem num abraço apertado, seria bem melhor que esta quietude onde meu coração bate quase sem bater…


Espreito o relógio, até aí o tempo está imóvel. Os ponteiros esqueceram o tic-tac e partilham a mesma ausência na qual me deixaram…Sinto-me parada no tempo! Sinto-me tão só esta noite… Até as sombras projectadas nas paredes perderam a magia de se transformarem… Que estranho abismo onde me deixo cair, sem dor, sem esperança…Apenas um nada!!


Escrito da alma: Madalena às 02:50
| Comenta aqui
19 comentários:
De Anónimo a 14 de Agosto de 2005 às 18:21
Essa noite vai passar e vai aparecer um sol radiante na tua vida..Por vezes temos dias que correm mal, mas outros que correm bem..tudo na vida muda..Bjinhuu gande migaAngel_white
(http://www.angelwhite4.blogs.sapo.pt)
(mailto:lipinha_pnf@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Agosto de 2005 às 09:26
Nos silêncios das palavras que a própria mente tem, acontece a realidade da vida, a minha e a tua, o amor e a dor... tudo está em nós! Somos aquilo que pensamos, ainda que desadequadamene e não conseguimos ver mais nada, porque estamos bloqueados, tu sabes do que estou a falar. Noto no que escreves algo de profundo, algo de maravilhoso, mas que precisa limpar... limpar tudo o que te causa dor, ainda que tudo isto sejam despojos do teu sentir. O quadro literário está excelente e não posso deixar de dar-te os meus sinceros parabéns. Gosto do que escreves e na imobilidade móvel do tempo, encontramos toda a eternidade, isto apenas ao que se chama existência. BeijinhosVentoso
(http://www.ventoso.blogs.sapo.pt)
(mailto:samuelbastosventoso@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Agosto de 2005 às 01:11
Ó Madalena, então...apenas um nada??? Olha, vai ao meu dique, vê o meu show de dança e música e vais ver como animas. Não vais dar a noite por perdida. Palavra de castor. Hás-de querer lá voltar (he, he, he)!!!!CASTOR
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 13:07
A noite caiu sem som, sem dor. A noite... sem estrelas no céu, e o relogio parado sem o seu tic tac. Tu sozinha, tudo calmo, tudo parado. Prepara-te Madalena... vem algo por aí ao teu encontro. Está alerta! Suspeito que algo de bom vem em tua direcção. O que será? Estou curioso. Um grande beijinho.zeca
(http://ailhadez.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 10:41
Que tenha, apenas e só, essa noite negra e triste. Entretanto que o sol volte a brilhar intensamente em tua vida. Um excelente fim de semana. Becitosdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde59@hotmail.com.pt)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 09:21
O nada pode ser tudo e o tudo se transformar em nada. Deixa cair a dor...e abraça o mundo....Passei por aquiPiedade Araujo Sol
(http://madrigal.blogsome.com//)
(mailto:piedadesol@netmadeira.com)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 05:33
Olá Madalena!!
Espero sinceramente que esse sentimento de solidão seja passageiro, se insistir aproveita da melhor maneira e aprende a tirar partido dele sem dor....ás vezes é bom para pôr ideias em ordem, reflectir....não te sintas triste com essas noites....aprende a sorrir com elas!
Beijinhos para tiGonçalo
(http://www.norastodasondas.blogspot.com)
(mailto:goncalo_t@hotmail.com)


De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 23:57
"Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de joelhos" - Victor Hugo. Tambem estás triste, não é, amiga??? Todos os poetas tem este dom, este destino: a tristeza, a dor e uma alma que não se contenta nunca com o que tem. mocho
(http://barrocodomocho.blogs.sapo.pt)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 23:43
Nós nunca estamos sós, por mais que nos sentimos assim. Um enorme beijo com muito carinho. Tem muitos sonhos encantados.Sonhos Encantados
(http://sonhosencantados.blogs.sapo.pt)
(mailto:mac_marisa@yahoo.com.br)


De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 21:51
Por vezes é bom estar sozinhos e cada um de nós deve saber disfrutar desses momentos.
No entanto depois da tempestade vem a bonança e não vais continuar só até porque nos tens a todos nós! :)Anjinho
(http://anjinhoecompanhia.blogs.sapo.pt)
(mailto:anjinho@netmadeira.com)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...