Sexta-feira, 7 de Maio de 2004

Meu anjo!!!!

Uma janela abriu-se e sem pedir licença,um anjo entrou.Alojou-se no meu coração,e não mais saíu de lá.Sem saber porquê, fui tomando conta desse ser bonito que com palavras foi mudando minha vida.Quando dei por mim, estava totalmente perdida. Como aconteceu?Nem eu sei explicar!Aos poucos,foi tomando conta dos meus pensamentos,dos meus sonhos,do meu tempo.Não fez nada de especial,apenas ficou preso e encheu minha alma de luz,de amor! Sim,apaixonei-me pela primeira vez e pela primeira vez conheci o verdadeiro amor. Será possivel amar um anjo?Do qual só se conhece a voz? É possivel sim,senão não estaria aqui pintando de preto as folhas brancas do meu caderno. Ele foi falando ao coração,suavizando sua cadeia.Usou palavras bonitas e sinceras.Foi tomando conta de minhas emoções com seu carinho,sua doçura. Quando o coração se rendeu de amor por ele,foi soltando sorrisos e risos,gargalhadas que enchiam minha alma de alegria.Nunca ouvi gargalhada tão bonita.Ela ecoa no meu ouvido o dia inteiro,,e lembra-me que podemos ainda rir neste mundo de tristezas. O coração foi-se enchendo de ternura e de amor pelo seu prisioneiro e então,pôs em minha boca palavras mágicas,novas,as mais bonitas alguma vez pronunciadas.Comecei a falar de amor, de desejo,de paixão... A esta altura,só mais tarde me apercebi disso,já minha alma lhe pertencia. E se fosse só isso,já seria muito para quem como eu nunca tinha amado! Dei-me por inteira a esse anjo de luz.Depois da alma,o coração rendeu-se,os pensamentos nunca mais o deixaram,as emoções são todas dele,o corpo deseja-o intensamente... Minha vida passou a ser a vida dele! O que fazer agora?Nada. Não quero fazer nada.Quero continuar presa em seu abraço de ternura,nos seus beijos apaixonados,no seu corpo,nas suas palavras de amor... Perdi-me para sempre... Folha branca,intocada...pagina de minha vida,encho-te aqui,hoje,de alma,coração e sonhos... Grava cada palavra vestida de preto nas tuas linhas e não as deixes apagarem-se com o tempo...mas guarda-as para a eternidade...


Madalena


Escrito da alma: Madalena às 14:14
| Comenta aqui
2 comentários:
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 22:38
Obrigada pela visita!
Simplesmente posso dizer que adorei o teu texto!
Continua...
JInhosTita
(http://PalavrasMurmuradas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:byme_poesias@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Maio de 2004 às 21:48
este texto esta lindo e maravilhosamente apaixonado.adorei
força madalena.
bjitosluis
</a>
(mailto:raro_honesto@hotmail.pt)


Comentar post