Sexta-feira, 19 de Agosto de 2005

Soneto da separação...

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
 
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.
 
De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.
 
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.


    Vinícius de Moraes


Um dia tudo, um dia nada… Hoje um sorriso, amanhã uma lágrima!
Nunca acordamos igual porque nada permanece do mesmo jeito…
Não vale a pena guardar a magia de ontem porque hoje é apenas mais uma ilusão…


Escrito da alma: Madalena às 17:30
| Comenta aqui
21 comentários:
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 12:01
Passo para te desejar um dia bom e te dar um abraço fraterno.batista filho
(http://ilhamutuns.blogspot.com)
(mailto:ilhamutuns@uol.com.br)


De Anónimo a 23 de Agosto de 2005 às 23:46
Posso entrar? :)
"Vi-te" lá no barroco do mocho e chamaste-me "o Gaivota", buá, sou uma gaivota, venho esclarecer o equívoco. Como podes perceber estou a brincar, td de bom para ti e para o blog.gaivotadaria
(http://GaivotadaRia.blogs.sapo.pt)
(mailto:bgaivota@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Agosto de 2005 às 22:49
às vezes penso se a separação merece sonetos, já que é um momento com que poucos ou nada sonham, mas talvez sim, mereça, já que depois dela poderá sempre vir um reencontro. 1001 beijitos..Pensamentos em Branco.
(http://pensamentosembranco.blogs.sapo.pt)
(mailto:anakatcc@hotmail.com)


De Anónimo a 23 de Agosto de 2005 às 15:23
Realmente, o dia de ontém não é o dia de hoje e nem será o dia de amanhã mas todos os dias podemos viver com intensidade, amor, criativida e esperança que o dia de hoje seja igual ou melhor ao de amanhã. Se não for igual pelo menos vivemos e aprendemos que temos algo mágico dentro de nós, seja para o bem ou para o mal, e com isso vamos aprendendo a crescer dia após dia. Um enorme beijo com muitos Sonhos Encantados.Sonhos Encantados
(http://sonhosencantados.blogs.sapo.pt)
(mailto:mac_marisa@yahoo.com.br)


De Anónimo a 22 de Agosto de 2005 às 19:27
a magia do dia anterior ajuda smp a enfrentar um dia mais dificil , espero que tenhas muitos dias de magia repleta de felicidade!! bjsarlequim
(http://carlequim.blogs.sapo.pt)
(mailto:carlequim@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Agosto de 2005 às 11:13
La vida es hecha de buenos y malos momentos, no ?

besitos :)ROMERO
(http://romerodelpueblo.blogspot.com/)
(mailto:romero_del_pueblo@hotmail.com)


De Anónimo a 22 de Agosto de 2005 às 03:16
Um dia um sorriso...outro dia um sorriso...e no outro dia outro sorriso...e no outro e no outro e no outro, tambem. Difícil? Nãããã.....CASTOR
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 22:45
Oi!Cada dia é diferente do anterior!O que hoje é alegria amanhã poderá ser tristeza!É a vida Madalena...complicada,complexa!Regressei das minhas férias e não podia deixar de agradecer o teu comentário!Bjs!!!Alexandra
(http://indoleromantica.blogs.sapo.pt)
(mailto:ABC@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 16:37
Olá Madalena. O nossa vida é mesmo assim. Complicada e sempre em mudança. Passamos mais tempo tristes que alegres. Será que a culpa é do fado? Ou será que nos preocupammos demasiado? Não sei simplesmente. Um beijozeca
(http://ailhadez.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 03:01
Amiga, nós somos como uma árvore. Não interessa que um dia os ramos se mexam e as folhas caiam e no outro, haja calmia e nasça a flor. O que interessa são as nossas raízes que, afinal, são constituidas por ilusão, mas tambem por concretização, por sonho mas tb por dor, por tristeza mas tb por alegria. A árvore, essa, apesar das intempéries, continua lá, agarrada à terra, firme, forte, com as raízes a segurá-la. PIU! mocho
(http://barrocodomocho.blogs.sapo.pt)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...