Domingo, 24 de Outubro de 2004

Olho pela janela....

O relógio na parede marca as horas bem devagar com seu tic-tac ritmado.
Olho para seus ponteiros e…nada!
Parece que não se moveram desde a ultima vez que olhei…
Será que o tempo parou?
Será que estou aqui presa, numa vida que não é minha?
Olho pela janela…
A lua chama por mim.
Sinto seu apelo mas não o entendo.
As estrelas, almas que amaram e que de noite guiam os passos dos enamorados, parecem-me mais brilhantes.
Sei que elas tem algo para mim…
Talvez um beijo ou um sorriso…
Talvez um olhar de quem goste de mim…
Talvez….
Devo estar perdida….
Perdida na vida, no tempo que não passa…
Perdida num coração que bate descompassado tentando encontrar um ritmo mais suave…mais doce…
Perdida numa alma triste, melancólica…
Procuro-me e não me encontro…
Por onde andam os pensamentos que deixam as emoções baralhadas?
Em que mar minhas lágrimas se transformam em águas salgadas?
Que faço eu aqui diante da janela olhando o vazio?
Sinceramente não sei…


Escrito da alma: Madalena às 20:25
| Comenta aqui
3 comentários:
De Anónimo a 23 de Novembro de 2004 às 05:00
Li tudo e esta é a minha parte preferida,é a parte mais parecida com a minha maneira de escrever. Tá espectacular. Mas o mais espectacular é kem escreve isto. lembra-te só uma coisa: Não esperes um milagre, sê tu o proprio milagre! Beijinhosluis
(http:\TooBad.sapo.pt)
(mailto:luis_coelho7@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 13:39
Quando preso se está mais pesado o tempo fica. Palavras muito meigas as tuas.EFB
(http://asescondidas.blogs.sapo.pt)
(mailto:codecoa@netsapo.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2004 às 21:05
pensamentos de uma mulher mto especial....ai ai..Henrique
</a>
(mailto:utratsctf@msn.com)


Comentar post