Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2004

O tempo...

velasimple.gif


O tempo parou! Nada acontece! Estou presa nos seus tentáculos e não consigo libertar-me.
Não sei se quero que os ponteiros andam devagar ou se devem girar ao ritmo do meu coração…
Estou aqui, gelada, com o pensamento voando para longe, para além do horizonte ao encontro de um fim de mundo que me parece inatingível… Pensamentos que procuram por entre as ondas do mar um porto de abrigo onde o coração possa ancorar e aí descansar.
Quero sair desta janela por onde vejo a minha dor, minha solidão…Quero fugir desta vida que me mantêm com os pés no chão e encontrar de novo minha alma que anda por aí perdida em busca de um sorriso, de um pequeno raio de sol que consiga o milagre de me aquecer por dentro e por fora….
Quero ouvir o som do silêncio misturado ao som de minha voz ao dizer as palavras que querem nascer, crescer e finalmente sair da prisão do meu peito. Palavras que toda gente conhece mas que muito poucos sabem escutar… Palavras bonitas demais que acabam sempre por ficarem num silencio que magoa…
Vai tempo…Corre de novo e tira-me daqui, nem que por momentos, mas que sejam momentos de alegria e felicidade…
Acendo todos os dias uma vela para que a sua luz ilumine meu caminho e não me deixe cair na escuridão do meu pesar!!!


Escrito da alma: Madalena às 15:04
| Comenta aqui
4 comentários:
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2004 às 09:31
Obrigada Paula pela tua visita. beijosmadalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Dezembro de 2004 às 19:44
Olá eu estou vindo aqui pela primeira vez e gostei de tudo o que li a madalena é uma pessoa com grande sensibilidade, beijinhospaula
(http://)
(mailto:anapaula33@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Dezembro de 2004 às 08:32
Nem sempre é facil escrever o que nos vai na alma e nem sempre o facto de as escrever tras-nos alguma paz... minhas palavras ao vento são iguais aquelas que muita gente queria dizer e não sabe como o fazer... Obrigada Humberto por apareceres por aqui. Beijomadalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Dezembro de 2004 às 22:50
A Luz estará sempre com as almas que procuram a paz e o amor para si e para os seus amigos. A Luz dá valor a uma alma cheia de bondade como a tua que não se envergonha de partilhar o que vai dentro de si com os outros. Não tenhas receio de abrir os escuros portões da vida, para encontrar a luz da tua felicidade. Bate com sinceridade e abrir-se-ão.humberto
</a>
(mailto:Lightwizardhe@hotmail.com)


Comentar post