Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2004

Procura-se um amigo...

1011-008-87-1042.gif


Não precisa ser homem - basta ser humano, ter sensibilidade e ter coração.
Precisa de saber falar, de saber calar e, sobretudo, de saber ouvir.
Que goste de poesia, do alvorecer, de pássaros, do sol, da lua, do marulhar das águas límpidas de um riacho e do murmúrio das brisas.
Deve ter amor, um grande amor por alguém ou então a falta de não ter esse grande amor.
Deve guardar segredo sem sacrificar-se.
Não é imprescindível que seja em primeira mão, nem mesmo em segunda; pode já ter sido engadano (todos os amigos são enganados).
Tem que ter ressonâncias humanas; seu principal objectivo deve ser o de ser amigo; deve sentir tristeza das pessoas e compreender o imenso vazio dos solitários.
Procura-se um amigo que tenha os mesmos gostos e que saiba conversar de coisas simples.
Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque tem um amigo.
Precisa-se de um amigo que, a sorrir, nos bata no ombro e creia em nós.
Precisa-se de um amigo para se ter a certeza que ainda se vive.


Não sei quem é o autor, mas sei o que é precisar de um amigo...


Escrito da alma: Madalena às 08:36
| Comenta aqui
4 comentários:
De Anónimo a 4 de Dezembro de 2004 às 12:05
Sabes, Humberto, o teu disco voador tem levado minhas palavras não sei bem para onde mas tem, em cada uma delas, deixado um eco...Amizade tambem nasce assim, no collher das palavras... Obrigada!madalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2004 às 12:03
Obrigado EU por estares aqui comigo...pelo menos um amigo sei que tenho...Obrigada!madalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2004 às 02:00
Não sei se mereço candidatar-me a teu amigo?Tambem não sei se correspondo ao perfil exigido?
Igualmente não sei se o que aqui deixei comentado, se enquandra no tipo de amigo que tu pretendes? O tempo o dirá. É que os amigos, tal como a palavra indica, não se descobrem nos momentos pink mas sim, nas alturas das storms. Como sou um alien, a única coisa que posso prometer é que sempre que puder, o meu disco voador, poisará nas palavras ao vento. humberto
</a>
(mailto:lightwizardhe@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 09:48
Não estás sozinha......
Lembra-te que há sempre alguém que gosta de tieu
</a>
(mailto:eu@mail.pt)


Comentar post