Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2004

Estou errada?...

bonecarosa.jpg


Os dias passam devagar, iguais uns aos outros. Porque será que não acontece nada? E quando acontece, porque não é algo de bonito?


Devo ter feito alguma coisa muito má… Não nesta vida porque por mais longe que va minha memoria, não me lembro de nada que pudesse causar este meu fado… Deve ter sido em outra vida!!!


Que terei eu feito para ter um coração que chora? Que poderei eu fazer para merecer um pouco de luz?


Até quem me ama, parece ter o dom de me magoar…


Não digo nada! Para quê dizer o que me vai no coração ferido se isso vai fazer com que um amigo, um irmão ou outra pessoa qualquer que me guarda em seu coração sofrer? Será que estou errada?


Grito minhas palavras ao vento para que ninguém as entenda…E no entanto, preciso de quem me ouça e de quem me diga que não estou errada!!!


Escrito da alma: Madalena às 08:36
| Comenta aqui
2 comentários:
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2004 às 08:10
Nem sempre a vida trás com um novo dia, um sorriso... As vezes mergulhamos nesse lado obscuro que ela tem e habituamo-nos a ele... Obrigada Humberto pelas palavras amigas.madalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Dezembro de 2004 às 17:59
Madalena, como teu amigo mais velho, quero dizer--te que estás errada porque deixas-te ir abaixo muito fácilmente. Tu ainda tens os teus amigos que te visitam diáriamente aqui no teu espaço, e que te concedem o seu tempo e a sua atenção ao que tu publicas. Tens a tua familia intima que te adora, e á noite no calor do teu lar, existem as tais vozes invisíveis que te aconselham, que te aconchegam e te fazem companhia. É perfeitamente natural que tu assim te sintas porque a vida tambem tem o seu lado obscuro, é preciso não ter medo e enfrentá-lo com tenacidade e decisão, sempre na esperança que o seu lado luminoso volte outra vez para nós, com um sorriso. Tem calma, que a tempestade há-de passar.humberto
</a>
(mailto:Merlinthewizardft@hotmail.com)


Comentar post