Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2005

...

Na tua boca cantou subitamente uma voz.
E, ao dizeres o meu nome na rede de um abraço,
o rio que outrora bordava o campo emudeceu
com as suas pedras lisas.


Então, foi possivel ouvir o vento soprar nas asas das borboletas
e os lagartos recolherem-se nos veios dos muros
e o sol ferir-se nos espinhos das roseiras.


Sobre a colina quente passou uma nuvem
e uma ave poisou, perplexa, no fio do horizonte
por um instante, o dia mostrou as suas pálpebras tristes;


e, na brancura cega desse entardecer, a tua mão
escorregou pela inclinação do sol e veio contar
as sombras do meu decote.


São assim as mais pequenas histórias do mundo.


de  O canto do vento nos Ciprestes (Maria do Rosario Pedreira)


Escrito da alma: Madalena às 14:13
| Comenta aqui
3 comentários:
De Anónimo a 1 de Março de 2005 às 10:54
Além de serem as pequenas histórias do mundo são também as grandes histórias de amor. Beijinhoslua_sol
(http://horasvagas.blogs.sapo.pt)
(mailto:lua_sol1@sapo.pt)


De Anónimo a 28 de Fevereiro de 2005 às 20:36
Honra, Orgulho, Glória em http://nacional.blogs.sapo.ptHonra, Orgulho, Glória
(http://nacional.blogs.sapo.pt)
(mailto:amff@iol.pt)


De Anónimo a 28 de Fevereiro de 2005 às 16:20
Madalena. Bonito este texto e feliz daquele que consegue atingir uma perfeição tal, que em pouco diz tanto. Feliz escolha e que sejas feliz por dares um bocadinho do teu amor aos outros. As tuas palavras nas visitas que fazes também é amor.A Amizade também é um sentimento do amor. bjnhs do amiguinho zezinhozezinho
(http://www.quimera.blogs.sapo.pt)
(mailto:zezinhomota@sapo.pt)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...