Sexta-feira, 18 de Março de 2005

Quando sentires vontade de...!

Quando sentires vontade de chorar, não chores.
 Chama-me que eu choro por ti.
Quando sentires vontade de sorrir, avisa-me
Que venho para sorrir-mos juntos.
Quando sentires vontade de amar, chama-me,
Que eu venho te amar.
Quando sentires que tudo está acabado, chama-me,
Que eu venho te ajudar a reconstruir.
Quando achares que o mundo é pequeno demais para tuas tristezas, chame-me, que eu faço-o pequeno para tua felicidade.
Quando precisares de uma mão, chama-me, que a minha é sempre tua.
Quando precisares de companhia, naqueles dias nublados e tristes, ou nos dias ensolarados, eu venho, venho sim.
Quando precisares ouvir alguém dizer:AMO-TE! Chama-me que eu o digo a toda hora. Pois o meu amor é imenso.
E quando não precisares mais de mim, avisa-me, que simplesmente irei embora rezando por ti.


Autor desconhecido


Escrito da alma: Madalena às 11:44
| Comenta aqui
2 comentários:
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 10:50
Sem comentários.
Até um dia.Anjo
</a>
(mailto:anjo@mail.pt)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 10:20
Sabes que gosto de ti....
Um dia quem sabe os nossos lábios tocar-se-ão.sabes
</a>
(mailto:sabes@mail.pt)


Comentar post