Quarta-feira, 30 de Março de 2005

Canção

Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois, abri o mar com as mãos,
para o meu sonho naufragar



Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre de meus dedos
colore as areias desertas.



O vento vem vindo de longe,
a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho, dentro de um navio...



Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e o meu navio chegue ao fundo
e o meu sonho desapareça.



Depois, tudo estará perfeito;
praia lisa, águas ordenadas,
meus olhos secos como pedras
e as minhas duas mãos quebradas.


Cecília Meireles




Escrito da alma: Madalena às 08:02
| Comenta aqui
3 comentários:
De Anónimo a 30 de Março de 2005 às 16:18
Madalena. Não conheço esta escritora, embora possa dizer k eu tenha uma biblioteca minima mas com boas obras, ainda agora estou tentando colecionar as obras de Julio Verne. Mas realmente neste país não se ganha para a leitura, embora eu tenha a felicidade das minhasd amizades e familia de as minhas prendas serem livros. Parabens pela selecção k fazes das poesias. bjnhs zezinhozezinho
(http://www.quimera.blogs.sapo.pt)
(mailto:zezinhomota@sapo.pt)


De Anónimo a 30 de Março de 2005 às 16:12
Madalena, tens muito gosto em escolher este poemas lindos e maravilhosos de Cecília Meireles..Parabéns..e gostei mm mt =)..********LiPiNhA
(http://www.postigagirl.blogs.sapo.pt)
(mailto:Postiga_girl41@hotmail.com.br)


De Anónimo a 30 de Março de 2005 às 13:16
Oi miga... que lindo poema!Eu adorei! Estou aqui sómente a te deixar um olá pois ando um tanto ocupado.Quando tenha um tempinho virei com mais atençao ver teus artigos e comentar,ok?... Um BeijinhoXandy
(http://azoresgay.weblogger.com.br)
(mailto:romeu75@gmail.com)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...