Sábado, 4 de Março de 2006

Meu amor...

mae_estrela1.jpg


Basta pegar uma folha de papel em branco e deixar o coração usar os dedos e uma caneta, para falar de amor, amizade, carinho…para falar de amor…
Basta seguir o batimento do coração para encher linhas de sentimentos, de pensamentos que nascem ao ritmo dos dias e das noites de uma vida…
Basta isso sim…


E no entanto, hoje, a folha mantém-se branca, os dedos parecem ter perdido as palavras e recusam-se a escrever o que o coração dita…


Como é difícil expor o sentimento mais bonito e mais puro que existe. Como é difícil falar de ti… Cada segundo de ti está gravado em minha alma, cada sorriso, cada lágrima…cada gesto teu está marcado na minha memória...
Vives em mim…


Teria tanto o que escrever, tanto que lembrar… Poderia encher folhas de ti e do que és para mim. Poderia começar pelo meu desejo de te ter, de tua entrada em minha vida e de como a preenches e lhe das sentido… Tanta partilha, brigas, presentes e mimos… e amor…


Mas hoje, não vou encher esta folha, vou deixa-la em branco, porque hoje não te quero partilhar, mas sim embalar-te em meu colo e de novo mimar-te…
Hoje, guardo as palavras de amor e só contigo as posso partilhar, porque és único e meu amor por ti, sem limites… Amor que existe muito antes de tu nasceres mas que foi crescendo contigo e hoje…hoje completa contigo vinte anos!!


Hoje, num beijo apenas, mas num beijo onde está a mais belas das emoções, num simples beijo, digo-te o quanto te amo…


Parabéns meu filho…meu amor!


Escrito da alma: Madalena às 12:20
| Comenta aqui
6 comentários:
De Anónimo a 8 de Março de 2006 às 20:10
Ao ler este blog, fiquei viciada no acucar das doces palavras que aqui escreves!
Sao tao profundas, que parecem ganhar vida e serem possiveis de tocar!
E por que assim me despeco, deixo-te uma pequena mensagem que espero que leias!
"Ha momentos na vida em que se deveria calar...
e deixar que o silencio falasse ao coracao...
Pois ha sentimentos que a linguagem nao expressa...
e ha emocoes que as palavras nao sabem traduzir..."Mary
</a>
(mailto:inesmanuel1992@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Março de 2006 às 20:10
Ao ler este blog, fiquei viciada no acucar das doces palavras que aqui escreves!
Sao tao profundas, que parecem ganhar vida e serem possiveis de tocar!
E por que assim me despeco, deixo-te uma pequena mensagem que espero que leias!
"Ha momentos na vida em que se deveria calar...
e deixar que o silencio falasse ao coracao...
Pois ha sentimentos que a linguagem nao expressa...
e ha emocoes que as palavras nao sabem traduzir..."Mary
</a>
(mailto:inesmanuel1992@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Março de 2006 às 17:01
"Ser mãe é desdobrar fibra por fibra o coração! Ser mãe é ter no alheio lábio que suga, o pedestal do seio, onde a vida, onde o amor, cantando, vibra. Ser mãe é ser um anjo que se libra sobre um berço dormindo! É ser anseio,
é ser temeridade, é ser receio, é ser força que os males equilibra! Todo o bem que a mãe goza é bem do filho, espelho em que se mira afortunada,
luz que lhe põe nos olhos novo brilho! Ser mãe é andar chorando num sorriso! Ser mãe é ter um mundo e não ter nada! Ser mãe é padecer num paraíso!" - poema de Coelho Neto. .....Há alturas, Madalena, em que não podemos confiar nas nossas palavras para dizerem por nós o que gostaríamos que fosse ouvido. Nessas alturas chamamos os poetas... Parabéns aos dois! Beijo-te a alma.C.
</a>
(mailto:C@inbox.com)


De Anónimo a 6 de Março de 2006 às 04:49
Amiga Madalena. Parabéns pelo filhote. Parabéns aos dois!!! Também tenho um filho de 20 anos e uma menina de 26. A maternidade é a plenitude do nosso amor. É onde nos sentimos realizadas e com todas as expectativas satisfeitas. Felicidades. Um beijo.Ana Luiza Ferreira
(http://analu.ferreira.blog.uol.com.br)
(mailto:analu.ferreira@uol.com.br)


De Anónimo a 4 de Março de 2006 às 13:32
De todos os quadros e imagens a mais bela de todas é a representação da maternidade. Ver uma mãe com o seu filho é uma imagem que sempre me comoveu e me trás à lembrança a mãe que perdi e que me deixou um vazio enorme. Aproveitando o teu texto quero deixar um beijo de carinho a todas as mulheres do mundo que um dia incarnam e concebem uma outra vida. Que fazem o milagre mais sagrado do mundo, o de multiplicarem a sua vida em muitas vidas. Para o teu filho que faz 20 anos os meus parabéns. Que todos os sonhos dele e nesta idade são muitos, se tornem reais. Quanto a ti o meu respeito pelo teu papel de mãe. Um beijo com carinho e felicidades a ambosGonçalo
</a>
(mailto:gcausasdelei@msn.com)


De Anónimo a 6 de Abril de 2009 às 00:03
nossa seu blog é lindo
parabens fiquie encantada
bjs


Comentar post