Quarta-feira, 18 de Julho de 2007

Papoilas...

 

Nos campos vazios de minha alma triste e cansada, onde o Outono pintou sua melancolia e onde a primavera não ousa entrar, teus dedos fazem nascer papoilas, salpicando de cor, aqui e ali, os sonhos que invento…

 

Flores que amo e que em cada palavra solta ao vento, traz na sua beleza a magia de um momento contigo… magia de amar e de sentir. Flores que um dia, numa ilusão a dois, eu ousei pedir como carinho teu a cada dia…

 

Soltas no tempo, o aroma delicado das rosas que se mistura a maresia. E no azul de um horizonte que tento alcançar, elas ganham a forma de teu sorriso. E com elas semeias raios de sol nas nuvens que teimam chorar lágrimas de chuva…

 

Iluminas o sonho com o brilhar das estrelas com que enfeitas as noites serenas e fazes de cada amanhecer, uma aurora de esperança que por vezes morre na solidão do vazio em que me deixas, ou cresce na doçura de um beijo teu…

 

Pintas em cada dia, mesmo ausente, uma pagina do livro da vida, usando as cores de um arco-íris desenhado com os pincéis do coração que bata por ti e no cantinho de cada folha branca, guardo a Papoila que me deste…

 

 


Escrito da alma: Madalena às 14:04
| Comenta aqui | ver comentários (3)
Terça-feira, 10 de Julho de 2007

Lágrimas de cristais...

Nascem diamantes salgados no fundo da alma, transformando a dor em rio selvagem…

Desaguam como tormenta no coração que se afoga num mar de desespero…

Ecoam na voz como lamentos sussurrados pelo vento do norte…

E finalmente, soltam-se lágrimas de cristais dos olhos que perderam a esperança…

 

 

 

 


Escrito da alma: Madalena às 10:03
| Comenta aqui | ver comentários (5)

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...