Terça-feira, 30 de Novembro de 2004

Estou triste!...

triste.jpg


Dizem que a tristeza é um estado de alma... Eu acredito que sim, mas...


Mas há pessoas que com um sorriso aliviam essa tristeza. E na maior parte das vezes nem se dão conta que aquele sorriso iluminou alguém...


Preciso de um sorriso!!! Será que ninguém sabe sorrir? Ou será que sou eu que não o mereço?


Estou triste...muito triste!!!


Escrito da alma: Madalena às 08:39
| Comenta aqui | ver comentários (12)
Domingo, 28 de Novembro de 2004

Alma!...

2angel.gif


Um dia, há muito tempo, tempo que deixei de contar, alguém escreveu uma mensagem muito bonita na qual acreditei e acredito... Deve ter sido as palavras mais bonitas que alguém, um dia, há muito tempo, tempo que jamais voltara me escreveu...


" É TALVEZ COM UMA CARICIA DA ALMA QUE SE SENTE A VERDADEIRA FELICIDADE!!!"


Escrito da alma: Madalena às 19:37
| Comenta aqui | ver comentários (6)

Pensamento...

voce.gif

O pensamento tem manias engraçadas…esquece quando queremos lembrar e guarda o que queremos esquecer… Mas a verdade, é que há pessoas que não precisam fazer nada para ficarem gravadas no pensamento…

Escrito da alma: Madalena às 19:12
| Comenta aqui

Alma...

ATT00036.gif


Há um espectáculo maior do que o mar: o céu.


Há um espectáculo maior do que o céu: o interior da alma.


Victor Hugo


Escrito da alma: Madalena às 19:05
| Comenta aqui | ver comentários (2)

Sinceridade...

ATT00027.gif


A sinceridade nas palavras aumenta a confiança, a sinceridade nos pensamentos permite a profundidade, a sinceridade na entrega aperfeiçoa o amor.


Lao-Tseu


Escrito da alma: Madalena às 19:00
| Comenta aqui | ver comentários (2)
Sábado, 27 de Novembro de 2004

Sou eu

2angel.gif


Sou eu, sofrida, chorada


Sem rumo, sem nada


Sou aquela que não engana


Que fala de tudo e de nada


Que gosta de chocar, fazer rir e chorar


Sou faminte de amor


Cheia de desejos contidos


Que quer dar e não dá


Que provoca, choca e assedia


Sou e serei sempre eu


Irracional!


Contida!


Doce!


Amiga!!!


 


 


Escrito da alma: Madalena às 18:04
| Comenta aqui

Desilusão...

anjo7.jpg


Existe a pessoa certa?


Julgo sempre que sim


quando a alma desperta.


Julgo sempre que não


quando o amor sai de mim.


Busco o amor em vão.


 


ANTÓNIO ECO


Escrito da alma: Madalena às 15:51
| Comenta aqui

Voici le temps de la raison ardente

A verdade é que fomos
feitos do mesmo sangue
violento e humilde


A verdade é que temos
ambos a graça de compreender
todos os homens e todas as estrelas


A verdade é que Deus
nos ensinou
que este é o tempo da razão ardente.


Deus hoje deu-me um pouco
do que toda a vida lhe pedi
foi esta calma e simples aceitação
de que é preciso que estejas
longe de mim
para amando eu possa conservar
o meu coração puro.


As ruas hoje pareciam mais largas
e mais claras


As casas e as pessoas
pareciam diferentes


Foi só o tempo de pedir a Deus
que prolongasse o generoso engano.


Tu ensinaste-me as palavras simples
as palavras belas
as palavras justas


E fizeste com que eu já não saiba
falar de outra maneira.


O amor substitui
o Sol que tudo ilumina.


Sonhar contigo é quase como
saber que existo para além de mim.


Se basta que de mim te lembres
para que o sono facilmente venha
porque não hás-de dar-me amor a paz
com que o meu coração de há tanto tempo sonha


Vês como é tão simples
ter o coração
tão perto da terra
e os olhos nos olhos
e a alma tão perto
da tua alma


Por que será
que quanto mais repartimos
o coração
maior e mais nosso ele fica?



APOLLINAIRE


Escrito da alma: Madalena às 12:31
| Comenta aqui
Segunda-feira, 22 de Novembro de 2004

Um conto...

Uma estrela pequenina nasceu sem pedir numa noite escura de Outono.


Apareceu tímida e sem saber o que havia de fazer. Olhou a sua volta e viu o quanto suas irmãs brilhavam e desejou ser como elas. Encheu o peito de ar mas nada aconteceu, não tinha brilho.


Foi ter com a mãe Lua e sem saber se ia ou não ter resposta, perguntou-lhe o que devia fazer para ter aquele brilho.


A Lua que estava cheia, esplendorosa, espalhando romantismo pelo mundo fora, apontou com um dos seus raios de luar para um jovem que parecia perdido pelas ruas da cidade. A estrelinha seguiu com atenção o caminhar daquela pessoa que passo a passo, sem olhar para o lado seguia sem rumo.


Então a Lua, de novo chamou sua atenção com um novo raio para outra pessoa, mas desta vez, uma rapariga que trazia também ela, no olhar a tristeza de quem não sabe para onde ir.


Sempre sem nada dizer, a Lua mostrou a estrelinha um ponto na cidade e com mais um de seus raios de luar iluminou-o com sua luz magica.


Aí, os dois jovens encontraram-se e olhando-se como se mais nada houvesse a sua volta, apaixonaram-se…


O feitiço da Lua tinha juntado duas almas perdidas e ansiosas por se encontrar.


Feliz com o sorriso que descobriu no rosto daqueles dois, a estrelinha começou a brilhar. Quanto mais o amor crescia no coração daquele casal mais seu brilho se intensificava.


Então por fim percebeu que só o amor a pode fazer brilhar e que o seu destino é de lá do alto iluminar o caminho de quem ama e de todo aqueles que andam perdidos em busca do amor!!!


Escrito da alma: Madalena às 08:44
| Comenta aqui | ver comentários (2)
Terça-feira, 16 de Novembro de 2004

palavras ao vento!...

O tempo vai passando bem devagar, sem se importar com aquilo que o coração deseja. Talvez seja errado pedir ao tempo que que seja meu...


O vento vai levando minhas palavras, deixando cair algumas por aí, que de uma certa maneira me são devolvidas, sempre com algo mais...


Se o tempo fosse meu amigo, daria tempo ao vento...


Assim, as palavras poderiam ser ouvidas e quem sabe ter eco em algum lugar!


Acho que minhas palavras são feitas para andarem perdidas por aí, passarem de uma brisa para um vento do norte e desse para algum ciclone, que as leva para além do horizonte e por lá as deixa.


Quem as pode ouvir ou mesmo sentir?


Acho que vou deixar de as dizer... Ou então, pedir em cada grito que sai de meu peito, que elas voltem com uma resposta...


Escrito da alma: Madalena às 08:25
| Comenta aqui | ver comentários (3)
Quinta-feira, 11 de Novembro de 2004

Um beijo doce!...

1005-001-98-1028.gif


As palavras ditas ao vento, são palavras perdidas... Ditas num momento de tristeza, de solidão. São ditas para afastar as nuvens que tapam o sol da vida! São palavras sentidas, saidas do fundo do coração...


Digo-as ao vento para que elas sejam levadas para bem longe...


Talvez elas sejam ouvidas ou talvez não!!! As vezes pergunto-me em que ouvido ficaram presas e se de algum jeito marcaram?!


Quem sabe um dia o vento me traga de volta outras palavras fazendo eco as minhas!


Um beijo doce para quem me ouve!!!


Escrito da alma: Madalena às 08:19
| Comenta aqui | ver comentários (3)
Terça-feira, 9 de Novembro de 2004

Bom dia!...

1011-008-90-1042.gif


Tem dias em que tudo fica com uma cor diferente...


 A diferença está num sorriso, num raio de sol que faz desaparecer a tristeza, num bom dia dito a correr, num olá que quase passa despercebido mas, que ilumina o dia...


Hoje o dia esta com as cores de um arco-íris...


Hoje não sinto tristeza!!!


Escrito da alma: Madalena às 08:22
| Comenta aqui | ver comentários (2)
Sexta-feira, 5 de Novembro de 2004

Um raio de sol!...

djerba.jpg


A tristeza por vezes desaparece com um raio de sol... Mas já não há sol nem sorrisos...


Apenas frio no coração e alma perdida!!!


Abro a janela e espero, olhando quem passa. Andamos todos em busca de algo! Vejo essa gente de passo apressado que nem sequer olha para o vizinho, nem sequer diz bom dia!!!


Não há tempo para conversar e falar sobre o tempo...Já não há tempo para recuperar o tempo que passou...


Perdi meu raio de sol num tempo que não foi meu...Perdi meu sorriso num tempo que nunca seria meu tempo...


Então fico a janela esperando!...


Escrito da alma: Madalena às 08:29
| Comenta aqui
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2004

Mil cores!...

AwardSunsetTemplate.jpg


A vida é feita de mil e uma cor, basta olhar para ela com um pouco de atenção para as descobrir. Passamos ao lado das coisas bonitas que ela tem para nos dar e não nos damos conta que ficamos cada vez mais cinzentos. Parar e olhar para o vermelho de uma rosa, para o azul do mar, para o amarelo dos girasois...para as cores de um arco-íris!!! Parar e deixar a vida mostrar as cores com que pinta nossa tela.


Eu guardo na memoria todas as cores de um pôr-de-sol... Já vi muitos, cada um mais belo do que o outro...


Mas, eu sei que ainda me falta descobrir as cores daquele que me vai deslumbrar... Vivo esperando esse pôr-de-sol!...


Escrito da alma: Madalena às 08:42
| Comenta aqui
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2004

Amiga...

Deixa-me ser tua amiga, amor,
A tua amigasó,já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor,
A mais triste de todas as mulheres.


Que só, de ti, me venha a mágoa e dor
O que importa a mim? O que quiseres
É sempre um somho bom! Seja o que for,
Bendito sejas tu por mo dizeres!


Beija-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascêssemos irmãos,
Aves cantando, ao sol, no mesmo ninho...


Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei prá minha boca!...


Florbela Espanca


Escrito da alma: Madalena às 18:49
| Comenta aqui | ver comentários (1)

Minha saudade!...

saudade.jpg


Estou com saudade!...


Mas saudade de quê? De quem? A saudade não se explica e não vale a pena procurar os porquês de ela apertar o meu coração.


Sera que essa saudade é tua, anjo que me guarda? De ti estrela brilhante que me guia nas noites escuras? Do pôr-do-sol que me faz sonhar? Acho que a saudade é tua doce amor...


E não quero deixar de a sentir. Dizem que saudade é dor mas neste caso é um sentimento doce de esperança...


Tenho saudade sim! Mas não sei bem porquê!


Simplesmente, tenho saudade de ti!


Escrito da alma: Madalena às 10:30
| Comenta aqui
Segunda-feira, 1 de Novembro de 2004

Estou cansada!...

1011-008-86-1042.gif


Estou cansada...


O dia acordou lindo, lindo demais para o significado que tem... Mas hoje, estou cansada e deixei a tristeza prender meu coração. E, apesar do sol brilhar, não encontro um sorriso que me alegre e me faça feliz.


Os pensamentos voam para quem eu amo mas que não mais está aqui... As memorias ficam mas vivas, mais sofridas, neste dia que não deveria ser dia! Afinal aqui dentro do peito, as memorias são lagrimas, mesmo quando elas são bonitas...


 Aqui deixo uma rosa para quem me deixou apenas a dor e a saudade...


Estou cansada... Por isso não vou escrever muito...


Apenas deixo aqui um beijo doce a quem me atura e tenta colocar um sorriso em meus labios... Obrigada!...


Escrito da alma: Madalena às 14:33
| Comenta aqui

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...