Sábado, 11 de Junho de 2005

Noite...

noite triste.JPG


As noites apenas são noites…


Perderam o luar e a cada instante apaga-se uma estrela. O sonho escondeu-se na escuridão que me envolve e já não encontro aquela magia que me fazia ficar acordada até de madrugada. Na lua que aparece timidamente, já não vejo os anjos, dançando ao som de um mar encantado, mas sim apenas ouço a melodia triste de uma canção, que não é mais que a batida solitária de meu coração…


Tudo parece pintado de cinza ou de negro. As cores que um dia lá pintaram, estão a desaparecer! Descubro nas sombras que me rodeiam, uma nova saudade, mais dorida, mais sentida…tão mais difícil de suportar!!


Ó noite que chegas ao fim do dia e teimas em me aprisionar em tua solidão e no teu silencio, volta de novo a sorrir e a encher de cores minha alma, trazendo de novo um raio de luar que se faz sonho!


Escrito da alma: Madalena às 13:54
| Comenta aqui
11 comentários:
De Anónimo a 12 de Junho de 2005 às 14:30
OLá madalena!Quando nossa alma fica triste e negra, tudo á nossa volta se enxe de tristeza, nada é mais como dantes, a lua já nao é tao brilhante, o sol ja nao nos aquece tanto!
Espero sinceramente que esse silencio e essa escuridão da noite desapareçam rápido, e tragam de novo um belo luar, em que o sonho e a magia dominem!
Tenho mais um blog....visita se puderes
http://simplesmentedaalma.blogs.sapo.pt
Beijinhos grandes e força!sandra
(http://poetisasonhadora.blogs.sapo.pt)
(mailto:poetisasonhadora@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Junho de 2005 às 14:03
Quantas noites são passadas em branco, por que realmente ama, esperando que alguém apareça nos sonhos, aquela pessoa que achamos a pessoa certa, para nos colorir o mundo! O problema é que por vezes essa pessoa persiste em não aparecer e aí a nossa persistência tem que ser ainda maior...

JokasAnjinho
(http://anjinhoecompanhia.blog.sapo.pt)
(mailto:anjinho@netmadeira.com)


De Anónimo a 12 de Junho de 2005 às 12:46
Tb tenho noites assim,as noites passadas em branco,as noites de ansiedade, tristesa, são noites escuras....Mas tenho a certeza que a próxima vem mais sorridente para me envolver na sua magia!Por isso acredita assim como eu, ela virá e voltará a iluminar os teus sonhos pintando-os com as mais belas cores!Acreditar é a base do sucesso...Neco
(http://imgay.blogs.sapo.pt)
(mailto:ccbaixinho@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 23:28
Ai, ai, ai.... Madalena!! Porque é que a tristeza á tão solene? Não bastava ser? Alegra-te e vai em frente!!! Faz o favor de ser feliz!CASTOR
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 23:13
A tua alma vai encher-se novamente de cor, de mil cores, vais ver! As tuas noites tornar-se-ão brilhantes e os teus dias azuis...mil beijinhos!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 20:19
lindo post,palavras cheias de sentimento,desejamos k as tuas noites brevemente tanhem um brilho especial,onde possas recordar dos bons momentos da tua vida...jinhos!!!bom fim de semanaSandra e Marco
(http://nossorefugio.blogs.sapo.pt)
(mailto:nossorefugio@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 19:17
Que as tuas noites noites, recuperem em breve o brilho de novo querida Madalena! Um Texto/imagem soberbos no seu conjunto, com um sentimento algo nostálgico...Um Beijo...Carlos.Carlos Afonso
(http://carlosacafonso.blogs.sapo.pt)
(mailto:carlosacafonso@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 17:43
POr aqui me perco, por aqui me encontro... aqui me disperso aqui me junto. Ao sabor do vento, na intensidade da noite... neste sonho. :) beijorainbowsky
(http://www.rainbowsky.blogs.sapo.pt)
(mailto:paulorainy@yahoo.com.br)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 16:40
Ó noite a ti te peço que me leves até aquela lua onde minha alma ficou e sem ela não posso sonhar... muito lindo este teu post :)) Beijinhossylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Junho de 2005 às 15:25
Olá, Madalena, olha hoje entrei bem rápido no teu espaço. Poema lindo, como sempre. Evoco uma parte de um poema de F.Espanca para te dedicar: "O mundo quer-me mal pq ninguem tem asas como eu tenho! Porque Deus me fez nascer princesa entre plebeus numa torre de orgulho e de desdém". É assim que vejo os sentimentos que se escapam da tua alma para as linhas dos teus poemas. mocho
(http://)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...