Sábado, 2 de Julho de 2005

Saudade!...

 


estrela 1.JPG


Em cada noite, quando o céu se ilumina com mil estrelas, deixo a dor e a saudade falar-me de ti! És aquela estrela que brilha com mais intensidade e no silêncio da escuridão ouço tua voz, teu riso…


Nunca paravas quieto e pregavas tantas partidas, que não haviam horas tristes contigo.
Quantas lágrimas choramos de tanto rir… Pintavas o mundo de cores bonitas, quentes… Um mundo cheio de vida…
Eras alegria em dose infinita…


Hoje, as lágrimas são outras, mas são por ti. Já não ouço teu riso…


Um ano!... A dor de te perder continua a mesma. O tempo não apagou e não vai apagar!


Pequena estrela que velas por todos aqueles que te amam e não esquece…
Pequena estrela que brilhas no firmamento e iluminas nossas vidas como sempre o fizestes com tua alegria…
Pequena estrela, minha saudade infinita, minha dor sem fim, um dia, acredita, estaremos outra vez todos juntos…


Freddy, meu querido sobrinho, hoje, ao fazer um ano em que a vida te foi roubada, acendo mais uma vela para onde quer que estejas nesse céu, saibas o quanto te amamos…


Escrito da alma: Madalena às 11:09
| Comenta aqui
17 comentários:
De Anónimo a 23 de Julho de 2005 às 09:08
Madalena, uma pessoa que parece que temos em comum, muito especial e muito querida para ambas (de certeza absoluta) falou-me de Ti. Eu também gosto de escrever e partilhar os meus "pedaços de alma" como lhe chamo. Também escrevi algo semelhante e que também se chama saudade. É a minha forma de te abraçar..
(Se achares que queres peublicar, força.)

SAUDADE

“Obrigada por mais um dia”.
Levanto-me e ainda ensonada, busco à janela mais uma alvorada, ainda adormecida e escondida pelo brilho de milhares de estrelas que iluminam o céu.
Entre todas, uma fixa o meu olhar e cativa a minha atenção:
É uma estrela singela como as demais mas maior e mais cintilante.
É a minha estrela.
ÉS TU MÃE.
Todas as manhãs marcamos encontro e eu falo contigo, desabafo e peço-te conselhos e opiniões.
Com os olhos pregados no céu, tento em vão, vencer a saudade de não te ter aqui, de não poder tocar o teu rosto, de afagar o teu cabelo… de pegar na tua mão.
Já percebi que nunca vou “vencer” a saudade (que poderosa é!!!!) …
Rendi-me ao desencanto da tua ausência;
À tristeza do vazio que deixaste;
À amargura do silêncio envolvente por não estares aqui connosco.
Quanto muito a saudade dá-me tréguas e, de quando em quando, permite um contorno à sua volta para depois redemoinhar e fazer-me mergulhar de novo num turbilhão de sentimentos…
A cada despertar agradeço mais um dia por te ter sempre presente na minha vida.
Estás à distância de um olhar e da inexplicável leveza do teu brilho sob a forma de estrela…
Entretanto a alvorada despertou.
A lua adormeceu e as estrelas aconchegaram-se no embalo de um raio de sol que desponta.
Até amanhã Mãe.
(Sandra Nóbrega)Sandra
</a>
(mailto:big_shiva5@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 23:18
Obrigada pela tua visita ao meu blog. Lindos Sonhos Encantados. BeijocasSonhos Encantados
(http://sonhosencantados.blogs.sapo.pt)
(mailto:correia.marisa@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 19:22
Madalena, gostaria de te dizer que o tempo atenua a dor....... mas e infelizmente falando por experiencia própria, não o posso dizer.. Apenas te digo, que temos q aprender a viver, com as dores das pessoas que partem..Um beijo grandemar
(http://devaneiosnoar.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosnoar@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 16:46
Olá!!
Continua a olhar as estrelas, pois numa dessas estrelas estará com certeza o teu sobrinho a sorrir para ti e para todos os que o lembram com carinho.
Se um dia essa estrela n brilhar, não chores por isso, sente o teu coração, pois o teu sobrinho estará dentro dele a abraçar-te com força.
Acredita que ele apenas partiu fisicamente, pq ctg continuará eternamente.
Um beijinho para ti e uma optima semanaGonçalo
(http://www.norastodasondas.blogspot.com)
(mailto:goncalo_t@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 16:23
Madalena eu partilho da mesma dor que tu, embora não tenha passado por aquilo que tu sofreste com a partida do Freddy, contudo não sei se entendeste, mas aquela mensagem que eu deixei no Dominio dos Anjos foi uma forma de solidariedade para com a dor. Por favor, não leves a mal de estar a revelar-te esse meu nosso segredo aqui, mas a minha intenção foi apenas suavizar e sarar essa tua ferida lançando sobre ela, um cremoso balsâmico. Estar triste sim pela sua ausência física, mas alegre por saber que o Céu conta com mais um Anjo nas suas fileiras.HumbertotheWizard
(http://DominiodosAnjos.Blogs.sapo.pt)
(mailto:Humbertothewizard@Hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 14:54
o teu blog ta espetacular!
podias me dizer como é que se poe essas cenas a cair e como é k se pode mudar para outro padrao sem ser dakeles k ja existem predefenidos na sapo!
responde por favor, eu sei o meu nunca ficará tam bom como ao teu!

beijos**andy
(http://darck.blogs.sapo.pt)
(mailto:andyxa@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 14:28
Oi!Lamento a tua perda...Perder alguém que se ama muito deve ser muito doloroso!Felizmente nunca me aconteceu mas acredito que seja um momento de grande dor,de confusão,de incerteza!Foi uma homenagem muito bonita a que fizeste,assim como o teu irmão,o Neco!Ele vai sempre viver nos vossos corações!Bjs!!!Alexandra
(http://indoleromantica.blogs.sapo.pt)
(mailto:ABC@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 01:12
Bem,eu mais uma vez,fikei sem palavras,ja ñ bastou o do neco,agora este pa me por cm a lagrima no canto do olho,um texto mnt sentido,cm mnt ternura,pois eu tmb senti por ele,pois agora convivo cm o neco,e ele transmitiu a dor de perda dexa pexoa k era maravilhosa e mnt kerida pra voces.
Força,pra superar este enorme e penoso sentimento de perda k tiveram fez dia 2 de julho um ano.
Sinto mnt plo acontecimento terrivel k tiveram há um ano e k hj,revivem cm imensa dor.
Bjnhs deste teu migo.moreninho
</a>
(mailto:D_F_A_@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 00:35
Madalena, não há palavras à altura para comentar este teu texto que é sublime pela ternura e o carinho contido nas tuas palavras. Deixo-te um abraço bem apertadinho e um beijo cheio de carinho :)sylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Julho de 2005 às 00:04
Percebo-te e fico triste por ti. É duro ver partir as pessoas que amamos. Já são tão poucas, não é? Fica bem. Hoje nada mais.mocho
(http://)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


Comentar post