Quarta-feira, 6 de Julho de 2005

Procuro-te...

casal_anjo3.jpg


Procuro-te no vazio que enche minha alma, no silêncio que grita em meu ouvido, deixando notas de uma canção esquecida. Melodia de um doce amor, eternamente marcado pelas palavras e para sempre gravado no ritmo do meu coração.
Procuro-te nos cheiros que me envolvem e que trazem a memória tempos passados e nas cores que pintam minha vida de saudade. Lembranças de sorrisos que ainda hoje ouço no riso das estrelas.
Procuro-te no sol que queima mas que dá vida a vida, trazendo o calor do sentimento num raio de sol que entra pela minha janela... Na lua que ilumina a escuridão com suas estrelas e que numa luz terna de seu luar, faz dançar as sombras que se transformam em corpos unidos
Na chuva miudinha e nas gotas de orvalho... Neste mar e nos rios... No sorriso e na lagrima...
Procuro-te fora de mim por estes caminhos que esperam meus passos mas que eu receios seguir. Que se escrevem diante de meus olhos com palavras de ternura e de um carinho imenso, mas no qual eu temo me perder para nunca mais me reencontrar ou...finalmente me descobrir!
Procuro-te em tudo o que me rodeia, no sonho e na esperança, na realidade e no desejo, no dia e na noite...
Procuro-te por todo o lado e não te encontro...
Onde estás alma minha que deixa meu coração num compasso descompassado, batendo ao ritmo do tempo que corre, mas nunca no sentido que quero seguir...
Alma perdida que prende o sonho no horizonte e espera que o dia se faça noite e noite se faça dia...
Onde estás anjo que com tuas asas de doçura me envolves em cada momento num abraço de ternura?


Escrito da alma: Madalena às 10:16
| Comenta aqui
19 comentários:
De Anónimo a 10 de Julho de 2005 às 03:04
Vai valer bem a pena esperar. Eu sei do que falo!!! Tudo o que é valioso é normalmente difícil de alcançar. Mas depois de tanto lutar e esperar, o prazer é incomensurável/ maior. Fica bem.mocho
(http://barrocodomocho.blogs.sapo.pt)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 23:38
Às vezes "perdemos" demasiado tempo à procura, quando o que bastaria era deixar as coisas conquistarem-nos!
Bjins e ABRE os olhos e o coração... Esse anjo pode estar à espreita, esperando apenas uma aberta. MartimMartim
(http://www.euviumgato.blogspot.com)
(mailto:dr_vacine@hotmail.com)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 20:25
Não estará o Anjo mesmo aí ao teu lado, e não o podes ver porque a angustia tomou conta de ti? Não o podes ver, mas apenas sentí-lo. É que o derramar das lágrimas é um melodioso desabafo que limpa o nosso coração das impurezas da mágoa e do ressentimento. Mas a dôr retira tambem a luz do interior, e na ausência desta energia vibrante e vivificante, que retira a sensibilidade que descortina a presença de quem sofre ao nosso lado, porque pediu à inteligência que nos fez a todos, de nos acompanhar os passos que damos para bem e para mal, para felicidade e para a fatalidade. Deixa Madalena ele abrir as cortinas desse coração magoado e deixar entrar a luminosidade das suas asas.HumbertotheWizard
(http://DominiodosAnjos.Blogs.Sapo.Pt)
(mailto:DominiodosAnjos@MSN.Com)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 15:43
Procura dentro de ti. Mil beijinhos!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 14:59
É engraçado que iria jurar que ontem ou onteontem opinei aqui no teu blog por intermédio de outro e iria jurar que tinha outro lay e outro post, verifico que não. Estarei a ficar doido? Bem não me admirava nada, o meu rio são correntes de agua negra e espessa tão fortes que é natural que esteja a ficar tudo turvo na minha mente.
Linda poesia, parabens e que o fim de semana seja, se ainda estiveres trabalhando, de um descanço por demais merecido. bjnhs zezinhozezinho
(http://zezinhomota.blogs.sapo.pt)
(mailto:zezinhomota@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 02:15
Olá Madalena!!
Adorei as tuas palavras feitas poema, alias como todas tudo o que escreves.
Espero sinceramente que esse anjo já exista na tua vida e que o abraces com carinho deixando as suas asas te envolverem de verdade.
Garanto-te que é muito bom, pois sinto esse abraço apertado e fechado todos os dias do meu anjo que amo....a minha namorada.
Um beijinho grande para ti e um optimo fim de semanaGonçalo
(http://www.norastodasondas.blogspot.com)
(mailto:goncalo_t@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Julho de 2005 às 19:44
Belo poema!Será um pedaço de ti? Solta-te ,desamarra as grilhetas da melancolia,liberta-te, ama com paixão ardente,sorri e sê feliz...
Beijinhos ternurentosantónio
(http://wwwto.blogs.sapo.pt)
(mailto:asantos365@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Julho de 2005 às 19:44
Belo poema!Será um pedaço de ti? Solta-te ,desamarra as grilhetas da melancolia,liberta-te, ama com paixão ardente,sorri e sê feliz...
Beijinhos ternurentosantónio
(http://wwwto.blogs.sapo.pt)
(mailto:asantos365@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Julho de 2005 às 12:43
Minha querida Madalena por vezes e sem contarmos as coisas vêm ao nosso encontro.Podem tardar, mas chegam. Beijo enorme :))sylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Julho de 2005 às 10:29
Por vezes a procura dá cabo de nós..... Não é? Que encontres o q procuras é só o q te posso desejar. Um beijo grande e bom fim de semanamar
(http://devaneiosnoar.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosnoar@sapo.pt)


Comentar post

.Meu selo...


fg.jpg


.Meu outro blog


Image Hosted by ImageShack.us

.Outro Blog Meu


Image Hosted by picoodle.com

.posts recentes

. Uma outra vida...

. Minha despedida...

. Sou Outono...

. A oitava maravilha do "no...

. Liberta-me, mas...fica...

. Todas as dores...

. Paz é tudo o que peço...

. Lamento...

. Vives em minha saudade...

. Sou o que sou...

. Chuva...

. Eu...

. Lagrimas...

. Em tuas mãos...

. Mãe...

. Beija-me...

. É teu...

. Asas de sentimento...

. Desisto...

. Beijo-te suavemente...

.arquivos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.Meu contador de visitas...